Rua Pedro Raiol, 328

Bairro: Centro - Vigia, PA

CEP: 68.780-000

E-mail: vigiapara400@gmail.com

 

© 2016 por INFOGRAFIC.

Orgulhosamente Vigiense

  • Google+ Clean
  • Twitter Clean
  • facebook

Antônio Coutinho |  

Artista Plástico

A Criação do Homem de Michelangelo - por Antonio Coutinho - Artista Plástico Igreja Rainha da Paz - Paróquia de Cristo Rei - Castanhal - PA — em Paróquia De Cristo Rei.

Natural de Vigia de Nazaré - PA, reconhecido internacionalmente e especialista em pinturas sacras, murais, retratos, marmorização e folheação a ouro.

Biografia

Antonio Coutinho é o nome artístico de Antonio Faustino Coutinho Leal, nascido em Vigia de Nazaré - PA em 17/02/1957. 
Aos 11 anos começou o aprendizado de desenho e pintura com o seu pai, também artista plástico, Manoel Leal.
Aos 15 anos pinta sua primeira obra intitulada "Jovem com cesto de frutas" - óleo sobre tela.
Ao longo de sua carreira, participou de várias exposições coletivas, individuais, nacionais e internacionais, recebendo premiações em Roma, - Itália, Viena - Áustria e New York - EUA.
Executou vários trabalhos de pinturas sacras em diversas igrejas no Brasil.
Antonio Coutinho é especialista em pintura mural, pintura de retratos, pintura em tetos, marmorização, folheação à ouro e restauração.

Prêmios

Roma - Itália
Viena - Áustria
New York - EUA

Além de exposições em Nova York e no ano de 2013 participou da exposição coletiva de artistas brasileiros no Museu do Louvre em Paris, França. É um dos mais conceituados artistas brasileiros da atualidade.

Certificados Internacionais de participação em exposições na Austria e Roma 

MENINA COM O CÃO - Óleo sobre tela de Antonio Coutinho - Prêmio de menção honrosa nas exposições coletivas de artistas brasileiros em ROMA - Italia e VIENA - Austria - 2006

Wilkler Almeida |  

Artista Plástico e Escritor  -  (Vigia, 1979 - )

          As primeiras experimentações com desenho ocorreram na infância, com a influência dos quadrinhos. As percepções artísticas foram despertadas ao observar obras de artistas já reconhecidos no cenário local, como Gerson Pinto e Silvio Guedes. Deste contato a típica ânsia de expressão fez surgir as pinturas sobre tela, que despertaram a atenção de artistas veteranos, entre eles Antonio Coutinho, o qual exerceu papel importante na orientação e aprimoramento de técnicas, influenciando, inclusive, no estabelecimento do estilo, caracterizado pelo delineamento clássico e realístico, buscando em suas composições retratar aspectos históricos e culturais no âmbito regional, mediante trabalho de pesquisa, havendo uma carga de elementos que reforçam o tema e enriquece em detalhes.

          A partir dos 15 anos foram inúmeros os eventos que participou com suas obras, entre exposições coletivas e concursos, nos quais obteve premiações.

                Também atuou como ilustrador de diversas publicações, entre jornais, revistas e livros.

                Durante quatro anos foi selecionado a frequentar o Laboratório Intermunicipal de Artistas, promovido pelo Instituto de Artes do Pará, onde ampliou conhecimentos e pôde formar conceitos próprios acerca da Arte contemporânea. As pinturas, no formato de afrescos, painéis, relevos e telas atualmente podem ser encontradas em igrejas, prédios públicos, museus e residências em vários estados.

Silvio Guedes |  

Artista Plástico e Músico 

         Silvio Guedes desde cedo apresentou sua intimidade com os pinceis, participou de várias exposiões individuais e coletivas e premiado no Arte Pará com sua obra, perfeição na imitação de materiais como: mármores, granitos e madeira, é um dos mais conceituados artistas desta terra. Lembrando que tem sua própria marca é mestre na fabricação de instrumentos estilizados.

Gerson Pinto |  

Artista Plástico  

         Gerson Pinto desde cedo apresentou sua intimidade com os pinceis, várias exposiões individuais e coletivas, inclusive uma inesquecível na parte lateral da Igreja de Pedra de Vigia, traços únicos e grande apreço pelo modernismo, marca seu estilo inconfundível. Lembrando também que se destaca na restauração de artes sacras e é um escultor de mãos cheia.

Obra de Gerson Pinto na parede da Câmara Municipal de Vigia - sobre o ataque cabano ao Trem de Guerra

Esculturas de Gerson Pinto

Sarito Barata |  

Artista Plástico  

Sarito Barata, morador do Bairro do Arapiranga, considerado mestre e patriarca da Família Barata. Começou a pintar desde muito cedo, fazendo desta atividade a principal fonte de trabalho e renda. Com técnicas improvisionistas e rústicas, desenvolveu um estilo próprio.

Vejamos abaixo os descendentes diretos de Sarito Barata que continuam o seu legado da arte plástica na cidade da Vigia.

Déia Palheta |  

Desenhista  

Déia Palheta, é vigiense e surpreendeu muita gente quando expôs na coletiva de artistas vigienses na Cinco de Agosto, suas obras em lápis são incrivelmente realistas, se mostrando como uma das mais completas artistas de Vigia.

Marcos Pimentel |  

Artista Plástico 

Suas obras consistem em pintura, desenho, realismo, escultura e restauração de artes sacras. Suas obras podem ser vistas em igrejas, cemitérios, muros e casas residenciais. Participou da exposições coletivas na Sociedade Literária e Beneficente "Cinco de Agosto" e na UEPA - Universidade do Estado do Pará.

Faz parte dos movimentos culturais "Raízes da Terra" e "Tarrafiada Cultural de Vigia".

Atualmente envolvido no movimento "Pescando Arte" e na divulgação do site www.culturavigilenga.com, com artes sobre acontecimentos históricos de Vigia mostrando sua arte no muralismo.

Contato: 98819-1552 (zap) e no Istagran: Artistamarcospimentel   

Arte Mural em parceria com o Artista plástico Wilson

Arte em tela

Arte em vinil

Escultura

Nonato |  

Escultor 

Seu Nonato como é conhecido, é vigiense e morador do Bairro do Arapiranga, sua atividade de marceneiro e sua habilidade com a madeira fez de suas obras uma das mais belas da região, voltada para a Escultura em Madeira e com detalhes precisos de acabamento, fascina quem as conhece, já produziu várias peças para a paróquia de Vigia, inclusive o andor de Nossa Senhora das Neves, sendo seu trabalho é reconhecido em todo o Estado do Pará.

Dona Raimunda |  

Artesã 

A produção não para. A matriarca D. Raimunda dedica boa parte do seu dia a produção da arte com o Barro. Moradora da Vila de Porto Salvo, sua habilidade em fabricar peças com argila fez dela referência na região.

Sérgio |  

Artista Plástico

Morador do Bairro Santa Rita, Sérgio também mostra suas habilidades como pintor.

Everton Patrick |  

Artista Plástico

Everton ingressou na vida artística por meio do grafite, suas obras chegaram as telas a pouco tempo, mas já encanta quem as contempla.

Antônio Marcos |  

Artista Plástico

Antônio Marcos, nível médio e autodidata, nasceu no ano de 1954 na cidade de Vigia de Nazaré-Pará-Brasil, começou na profissão de ajudante de ferreiro aos nove anos de idade.  Aos 20 anos teve que deixar a profissão para trabalhar na Empresa de Telecomunicações do Pará (TELEPARÁ). Já em 1980, após seis anos de afastamento do trabalho com ferro, retorna as atividades com serviços de ferragens em geral em sua própria oficina. No mesmo ano começou a resgatar a Arte milenar do ferro, ou seja, esculpir artesanalmente obras de arte do ferro bruto, tendo como primeira obra, O Cristo, na cruz. E assim surgiram outras: O Minotauro o menino bricando de roda; A muda d pé de café; O cálice bento; O Faustão; A âncora emendada; O Ferrador da gurijuba; O Esquiador do gelo; A chave do século XVII; A Espada samuray e outras surpreendentes, todas elas em ferro, demonstrando no seu trabalho a originalidade e criatividade dando ênfase aos detalhes. Em 2007 foi entrevistado pelo Canal Amazon Sat, tamém confeccionou a coroa de Nossa Senhora das Neves de Vigia. A mesma ganhou uma exposição na igreja da Sé e São Paulo – Brasil.  

2011 – Exposiçção Coletiva de Artistas Vigienses na sede da Sociedade Literária Cinco de Agosto.

2011 – Exposição individual na V Semana Acadêmica da UEPA.

2012 – Exposição coletiva da Semana dos Museus em Vigia.

2012 – Exposição individual no XVI Encontro Internacional (IFNOPAP) realizado pela UEPA.

Célio Sousa |  

Artista Plástico, desenhista, pintor e escultor

Célio Sousa é vigiense e surpreende nas mais diversas artes, suas obras encantam pela beleza dos traços, um dos mais completos artistas de Vigia. Confiram abaixo algumas de suas obras.

Wandinho |  

Artista Plástico e desenhista

Wandinho é vigiense e mostra em seus desenhos artísticos uma riqueza de detalhes. Seus desenhos e artesanato já levaram o artista a representar o município de Vigia em outros estados, um dos mais completos artistas de Vigia. Confiram abaixo algumas de suas obras.

Diógenes Lobato |  

Artista Plástico, artesão e serigrafista

Diógenes Lobato é vigiense nascido em 27/10/1950, mostra suas habilidades na pintura e artesanato,  no qual passou ensinamentos a muitos vigienses que tiveram nele o seu espelho e admiração, participou do Grupo de Teatro do Educandário, no ano de 1979 foi certificado como artesão pela ENAC no Rio de Janeiro, na oportunidade foi convidado pela Rede Globo para trabalhar nos estúdios de Jacaré Paguá/RJ, cadastrado na Paratur desde o ano de 1983, considerado um dos melhores em 1988, hoje é proprietário da estamparia Dio Art's na cidade da Vigia.

Emileno |  

Artista Plástico

Emileno ou Mileno Japa como é conhecido é vigiense, tem nas pinturas seja em telas ou muros os seus traços reconhecidos, iniciou na pintura com os mestres Gerson Pinto e posteriormente Antônio Coutinho "Nono" no qual absorveu o máximo para que pudesse se destacar no cenário das artes plásticas vigienses, acompanhe abaixo algumas de suas obras.

Marcelina Ribeiro |  

Artesã

Marcelina Ribeiro e vigiense e produz suas peças em cerâmica, guarimã, papel reciclado, madeira, reproduzindo monumentos históricos de Vigia. Já participou de Feira e Exposições de Artesanato em outras cidades.

Rubens Sousa |  

Artesão, Artista Plástico e Decorador 

Rubens Sousa é vigiense, morador do Bairro do Arapiranga, é considerado um dos mais completos artistas de Vigia, sua arte ultrapassa a pintura, se destacando na ornamentação da berlinda do Círio de Nazaré, entre outros trabalhos, sua pintura é vista em muros espalhados pela cidade, camisas, telas, também é responsável pela decoração dos carros alegóricos da Escola Caprichosos do Arapiranga. Sempre requisitado para os mais diversos trabalhos que envolvam arte.    

Rubenildo mostrando sua habilidade na pintura de camisas e também na montagem do cartaz do círio das crianças.

Rubenildo mostrando sua habilidade na pintura e nas duas fotos que mostram a ornamentação da berlinda de Colares.

Dora Alice (Titoca) |  

Artesã 

A artesã Dora Alice, mais conhecida como Dona Titoca, que aos 80 anos de idade continuava seu ofício de artesã, segundo ela, essas louças eram bastante utilizadas pela população cabocla do município, até mesmo por aquelas pessoas ricas que preferissem cozinhar em uma panela de barro pela diferença do gosto dos alimentos. Bastante vendida no município nas famosas “quitandas”, atualmente são raras encontra-las. Titoca sempre reclamou das gerações atuais não se interessarem por esse tipo de trabalho, como aconteceu com ela quando iniciou o aprendizado com sua genitora, D. Ana.

Titoca desenvolveu uma oficina promovida pela Sociedade Cinco de Agosto no início da década de 1990 em parceria com o governo do estado do Pará, onde alguns jovens aprenderam o ofício da velha artesã.    

Quem não se lembra daqueles ratinhos vendidos pelo período do Círio de Nazaré, aqui a imagem da produção artesanal daquele que foi um dos melhores brinquedos da infância de muitos vigienses.

Emanuel Martins |  

Artista Plástico e Desenhista 

Emanoel Martins, nascido em Vigia-PA, desde berço foi privilegiado pelas artes, filho do renomado artista Gerson Pinto, ao longo do tempo foi adquirindo habilidade com as formas, atualmente vem se destacando com um brilhante artista vigiense, suas obras impressionam, o realismo impera nos seus traços, levando nossa imaginação. Merece ser lembrado como um dos grandes artistas vigienses da atualidade. Contato: (91)99128-9501